500 mil brasileiros vivem com Hepatite C e ainda não sabem

Como antecipou o Repórter Friburguense, o Brasil está se mobilizando novamente contra a doença, e em Nova Friburgo, são 66 casos de hepatites virais nos últimos cinco anos.

As Hepatites B e C são consideradas Infecções Sexualmente Transmissíveis e, muitas vezes, não apresentam sintomas até que atinjam maior gravidade.

Os dados mais atualizados do Ministério da Saúde mostram que, de 1999 a 2018, foram confirmados 632.814 casos de Hepatites virais no Brasil, sendo 233.027 (36,8%) de Hepatite B e 228.695 (36,1%) de Hepatite C.

Pessoas com idade entre 40 e 50 anos que vivem com Hepatite C podem ter sido contaminadas com o vírus por meio do uso de seringas não descartáveis, transfusão de sangue sem controle de qualidade e até em hemodiálises.

Hoje, a forma mais comum de contaminação, além de sexo desprotegido, é o compartilhamento de seringas, no uso de drogas, e com objetos cortantes contaminados.

O mais recente Boletim de Hepatites lançado pelo Ministério da Saúde aponta que, em 2018, foram registrados quase 14 mil novos de casos de Hepatite B e 26 mil de Hepatite C. Sem camisinha, você assume esse risco. Use camisinha e proteja-se dessas ISTs e de outras, como HIV e Hepatites.

Para mais informações, acesse: saude.gov.br/ist.

Foto: https://images.app.goo.gl/JBjb63FXgYRDhAEv6

Verifique também

Volta às aulas no Estado é novamente adiada

A medida atende ao protocolo estabelecido pelo Gabinete de Crise de prevenção ao coronavírus e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *