Nova Friburgo tem expectativa positiva, em torno de 80% para hospedagens durante o período de Carnaval

A redação do Repórter Friburguense entrou em contato com o setor de hotelaria, através do Convention Visitors Bureau, órgão responsável por monitorar as taxas de visitação e hospedagem na cidade.

De acordo com Edson Almeida, presidente da entidade, a expectativa de ocupação na rede do município gira em torno de 80%.

O Convention Visitors Bureau aponta que as chuvas dos últimos dias podem trazer algum tipo de insegurança para os turistas.

Edson Almeida afirma ainda que a concessionária que administra a RJ-116, rodovia que liga Nova Friburgo à capital fluminenses, segue assistida, e o sistema de Pare e Siga pode ser utilizado, se necessário, para ampliar a segurança dos turistas.

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC) aponta que o Rio é o líder em arrecadação por meio de atividades turísticas ligadas ao Carnaval.

O Estado, este ano, deve alcançar o maior volume de receita com estimativa de R$ 2,32 bilhões em arrecadação, ficando acima de São Paulo (R$ 1,95 bilhão) e Bahia (R$ 1,13 bilhão), sendo esses os três estados que mais arrecadam no Brasil, no período da folia.

Os números do Rio de Janeiro representam 29% do total da estimativa que em 2020, e deve chegar a cerca de R$ 8 bilhões em todo o país.

Ainda de acordo com a pesquisa, o Rio é o estado que mais arrecada, estando desde 2012 à frente no levantamento.

São esperadas cerca de 7 milhões de pessoas, sendo 1,9 milhão só de turistas para o período, a maior parte de São Paulo, seguido por Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal.

Para atender a demanda, é estimada a contratação de 25,4 mil trabalhadores temporários entre janeiro e fevereiro deste ano no país, sendo mais de 70% no segmento de serviços de alimentação.

Foto: Daniel Marcus // PMNF // Arquivo

Verifique também

Nova Friburgo conta com 20 respiradores mecânicos no Hospital Raul Sertã, e aguarda por novos aparelhos

Segundo o município, já existe o pedido para a chegada de mais 29, desde antes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *