Nova Friburgo conta com 20 respiradores mecânicos no Hospital Raul Sertã, e aguarda por novos aparelhos

Segundo o município, já existe o pedido para a chegada de mais 29, desde antes da pandemia do Covid-19.

De acordo com os infectologistas, se a febre persistir e a falta de ar permanecer, a atenção deve ser maior e a pessoa encaminhada até um hospital próximo.

Por isso, a redação do Repórter Friburguense procurou saber sobre a quantidade de respiradores mecânicos que a cidade possui atualmente.

Segundo a Comunicação do município, o Hospital Raul Sertã conta com 20 respiradores mecânicos, utilizados pela unidade coronariana e pelo centro de tratamento intensivo, o CTI.

A pasta afirma que antes da pandemia o município licitou mais 29 equipamentos, mas não há data para recebê-los.

O Repórter Friburguense fez contato com os hospitais da rede privada e questionou se há possibilidade de receber pacientes do Sistema Único de Saúde, em caso superlotação de infectados pelo Novo Coronavírus.

Em nota, a Unimed afirma que “entende que neste momento somos um único grupo, sem diferenciar pessoas.”

A empresa afirma ainda que possui compromisso com as pessoas que possuem plano de saúde, com a obrigação de dar toda assistência, e neste momento não pode afirmar que vai haver sobra de respirador ou leito.

No entanto, em caso de sobra, vai atender aos pacientes do SUS.

Com relação a quantidade dos respiradores mecânicos, a Unimed Nova Friburgo afirmou que não vai divulgar o número específico.

A redação não conseguiu contato com o Hospital Serrano.

Já o Hospital São Lucas pediu para formalizar o pedido via email, porém até o momento não houve resposta.

Atualmente, o Brasil possui 46,7 mil respiradores na rede pública de saúde.

Somando a rede particular, são 65,4 mil.

O Ministério da Saúde pretende impedir a exportação dos aparelhos e anunciou que o Brasil vai começar a produzir de 300 a 400 respiradores por semana para serem usados pelo SUS no enfrentamento ao Covid-19.

Já o Ministério da Economia aprovou zerar a taxa de importação de respiradores e produtos médicos e hospitalares.

Foto: https://images.app.goo.gl/f4puqd5mZ4u5Qtht9

Verifique também

Encomendas vindas da China não são portadoras do vírus Covid-19

A informação é do infectologista, Tarrago que também destaca que os animais domésticos não transmitem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *